Como começar uma mixagem e ter bons resultados no final

Olá, neste post eu vou contar quais são  primeiras mexidas que eu costumo dar na mixagem de uma música. O que fazer para começar bem?

primeiras mexidas na mixagem

Depois de organizar a sessão, a grande dúvida de quem está começando a mixar é por onde começar ? Em quê vamos mexer primeiro?

O que fazer nas primeiras mexidas?

mixagem primeiras mexidas

Antes de mais nada, é preciso estabelecer uma estratégia, um método para que as coisas não saiam do controle.
No início quando estava começando a mixar, acontecia muito de eu olhar para a mix no meio do trabalho e não saber mais o que fazer.

Eu ia mexendo nos instrumentos, colocando equalização e compressão conforme eu aprendia nas vídeo aulas que eu via na internet e ia só misturando tudo e de repente o som estava péssimo.

Quando eu comparava com o som de referência que eu tinha para a minha mix, notava que estava totalmente fora da casinha, mas aí eu já não sabia mais o que fazer. Tudo porque eu não havia bolado um método.

Eu simplesmente ia mexendo sem saber o porquê das coisas.

Por isso é que eu recomendo sempre a quem está começando de se basearem num bom curso de mixagem porque nos cursos a gente aprende o porquê de cada mexida e também aprendemos a desenvolver um método. Assim vamos colocando os tijolinhos certos nos lugares certos

Leia mais sobre o assunto no post Mixagem simples onde eu conto como aprendi a mixar seguindo um passo à passo desde o início

 

Acertando os volumes

ACERTANDO OS VOLUMES

A primeira coisa que eu faço, é colocar o projeto pra tocar e ouvir, ouvir e ouvir.

Eu ouço várias vezes para que o som dos instrumentos possam ficar memorizados e então vou acertando alguns níveis de volume. Mas nada de mexer no fader dos canais dos instrumentos.

O primeiro acerto de volume é feito no próprio item ou take dos instrumento. Veja como fazer isso em.10 Dicas para mixar no REAPER

Para entender melhor o que eu estou falando, leia um post lá no meu blog em que eu explico todo o caminho que o áudio faz ao sair da fonte até chegar aos ouvidos.

Resumo do caminho do áudio na produção musical

  • O áudio sai da sua fonte, entra no microfone ou no cabo de captação e é levado até a placa de captura ou interface de áudio que converte o sinal elétrico em digital ou em bits.
  • A forma do áudio digital chega até a DAW que nesse caso é o Reaper e conforme a configuração de entrada e saída feita entre a DAW e interface vai gravar o sinal digital em um take dentro da DAW (Reaper).
  • Então o áudio chega primeiro no take e depois na track que envia para o canal de grupo, que sai para o master fader. Do máster fader saí para a interface novamente e finalmente da interface sai para as caixar de som.

Esse é o caminho mais curto pois pode ser feito ainda uma equalização depois da placa ou uma amplificação, se colocarmos uma mesa de som entre a saída da placa e os alto falantes

Veja na figura

Caminho do áudio

Caminho do áudio

  • Então os primeiros ajustes de volume devem ser feito no próprio take
  • No Reaper, nós podemos habilitar um botão de volume (knob) diretamente no take
  • Em Options abra a janela de Preferences e vá até Appearance e em Media marque a opção item volume knob
  • Agora temos um botão de volume onde vamos acertar os níveis entre as faixas, começando sempre com o tripé bumbo, baixo e voz principal. Acerte esses trens volumes e vá acertando os outros baseando-se nesse tripé

Veja também 10 DICAS PARA MIXAR UMA MÚSICA NO REAPER  a minha D.A.W preferida

 Mono ou estéreo?

mono ou estéreo?

Num primeiro momento vamos colocar a nossa mix em mono porque neste próximo passo, vamos trabalhar com a equalização fazendo a limpeza das freqüências nos instrumentos.

Neste passo nós vamos trabalhar com as freqüências fundamentais dos instrumento, quer dizer, vamos cortar tudo que não for ser utilizado em cada instrumento.

E como vamos saber quais são as fundamentais?

Num primeiro momento vamos nos basear numa tabela que foi criada pelo produtor Fábio Henriques no seu livro “Guia de Mixagem ”. Muito interessante esse livro. Se puder adquira um exemplar.

Nesta tabela vemos quais são as freqüências que podemos utilizar para valorizar o instrumento e quais são as frequências de corte: aquelas que devemos cortar ou atenuar.

Veja bem, corte e atenuação são coisas diferentes: quando cortamos, estamos zerando os volumes de uma área de freqüências e quando atenuamos estamos apenas abaixando o volume das freqüências para que elas não fiquem tão gritantes, mas elas ainda continuarão lá.

tabela guia de mixagem fábio henriques

tabela

Minha indicação

Quer saber mais sobre mixagem? Recomendo que você faça um bom curso que mostra todos os processos e técnicas pra deixar o seu som soando como profissional em pouquíssimo tempo.

O curso de que estou falando é uma verdadeira fórmula de mixagem. Com esta fórmula você vai poder mixar qualquer estilo usando a sua D.A.W e plugins favoritos.

Neste curso você aprende a utilizar diversas ferramentas de mixagem da maneira correta.

O curso é do Jorge Araújo do site SomBinário.com e é um ótimo curso de mixagem muito acessível e que vai agregar muito conhecimento pra você que quer se torna um produtor musical ou você que está querendo gravar a sua banda ou a sua música com uma boa qualida.

Saiba mais sobre o curso FÓRMULA DE MIXAGEM clicando na imagem abaixo

formula-de-mixagem

 

 

Se gostou dessa dica e quer continuar acompanhando o trabalho deste blog de divulgar conhecimentos sobre a produção de áudio em home studio, faça a inscrição para receber notificações de postagens e dicas exclusivas para assinantes.

 

Deixe seu comentário sobre esse artigo.

Músico, produtor e criador do blog idaudio.com.br com o intuíto de compartilhar conhecimentos e dicas com quem está na mesma estrada afim de que todos possam crescer como profissionais, realizando seus maiores sonhos.

3 Comentários

  1. Diego

    Muito bom o conteúdo para que está começando uma mixagem.

  2. RONALDO SALES

    OLA, GOSTO MUITO DE SEUS VIDEOS… EU PRECISO DE SUA AJUDA, COMPREI UMA PLACA 2i2 SCARLETT SO QUE OS MONITORES FICAM CHIANDO, NÃO TEM NEM COMO SABER SE TEM RUÍDOS NA GRAVAÇÃO PROPRIAMENTE GRAVADO. JÁ FIZ DE TUDO… N E O CABO JA TROQUEI N E A INSTALAÇÃO DO SOFTER DA PLACA ESTA TUDO OK… CM RESOLVER ESTA SITUAÇÃO?

    OBS: OS CABOS SÃO TODOS SANTO ANELO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.